O aumento da expectativa de vida tem alterado significativamente a forma de condução das cirurgias de catarata. Se antes a preocupação maior era devolver a visão substituindo o cristalino opaco, hoje, os avanços técnicos nas lentes intraoculares (LIOs) têm possibilitado a personalização dessas cirurgias, agregando mais qualidade à visão. Os novos procedimentos levam em conta, além dos quesitos clínicos, o perfil comportamental e as aspirações específicas de cada paciente.

fonte: http://www.cbo.com.br/novo/geral/pdf/revista-03.pdf

Open chat
1
Olá, como podemos lhe ajudar?