Endodesvio
Conhecido também como desvio convergente. É quando um ou ambos os olhos estão visivelmente, ou não, direcionados para o nariz, mesmo que esteja olhando para longe (quando deveriam estar paralelos).

Endoftalmite
É um processo inflamatório intraocular que atinge o vítreo e a câmera anterior. Podendo alcançar a córnea e a retina.

Endotélio
É a camada celular que reveste o interior da córnea. Denominado como o tecido edotelial da córnea.

Epitélio
É a camada que reveste o exterior da córnea. Denominado como o tecido epitelial da córnea.

Esclerite
É uma inflamação na esclera (parte branca do olho), que compromete a visão do portador.

Esclerótica
Também pode ser chamada de esclera. É a área branca do globo ocular, conhecida popularmente como “branco do olho”

Escotoma
Acontece quando há uma determinada área no campo de visão que apresenta a perda parcial, ou total, da acuidade visual provocada por um dano na retina.

Estroma
Trata-se de um tecido conjuntivo que sustenta as células funcionais de um órgão. No caso dos olhos, esse tecido é responsável por cobrir a córnea.

Fibrose
É causada pela formação excessiva no tecido conjuntivo de um órgão. Esse processo resulta na recuperação exagerada de lesões, inflamações e infecções.

Fotofobia
É a sensação de aversão à luz. Esta sensibilidade ocorre devido à repulsa da luz feita pelas células fotorreceptoras da retina.

Fotorreceptores
São receptores sensoriais responsáveis pela visão.

Fóvea Central
É a região situada no fundo da retina onde se encontram os cones celulares do olho.

Glândula Lacrimal
Está situada na parte superior lateral da cavidade ocular. É responsável por produzir o fluido lacrimal para lubrificar e limpar o globo ocular.

Hiperdesvio
É quando há um desvio vertical no olho, que se encontra direcionado para cima, mesmo quando este não está fixando para algum ponto específico.

Hipodesvio
É quando há um desvio vertical no olho, que se encontra direcionado para baixo, mesmo quando este não está fixando para algum ponto específico.

Humor Aquoso
Pode ser chamado apenas de aquoso. Trata-se de um líquido incolor, produzido pelo corpo ciliar, que nutre a córnea e o cristalino. Também tem a função de regular a pressão intraocular.

Íris
É a estrutura colorida do olho que circula e ajusta a pupila.

Lagoftalmo
É a incapacidade no fechamento total da pálpebra sobre o globo ocular

Lente intraocular
É a lente introduzida no olho e usada para corrigir erros de 35 Veja Bem 05 ano 02 2014 visão. Existem duas modalidades de lente intraocular: a que substitui o cristalino (lente natural do olho) na cirurgia de catarata e a introduzida à frente do cristalino, para corrigir a visão míope.

Mácula Lútea
Região central da retina, responsável por receber detalhes do campo visual.

Mancha Cega
É a área situada no nervo óptico que não contém receptores sensíveis à luz.

Midríase
É o processo de dilatação (aumento) da pupila.

Miose
É o processo de constrição (diminuição) da pupila.

Mióticos
Agentes que provocam a constrição da pupila.

Músculo Ciliar
Corpo ciliar que se ajusta à forma do cristalino.

Olho Fixador
Olho utilizado para prestar atenção.

Pseudofacia
Termo que define o paciente que possui a lente intraocular implantada no olho devido à cirurgia de catarata.

Pressão Intraocular
É a pressão gerada dentro do olho.

fonte: http://www.cbo.net.br/novo/publicacoes/revista_vejabem_05online.pdf

Open chat
1
Olá, como podemos lhe ajudar?