Entre os exemplos de demandas, estão jovens senhores que praticam esportes ou que dirigem à noite, usuários frequentes de computador, leitores assíduos, médicos, dentistas, engenheiros, entre outros; existem até aqueles que não querem se livrar dos óculos porque fazem parte de sua identidade.

“São situações que podem parecer corriqueiras, mas que representam um quesito importante no desempenho satisfatório de ações cotidianas, impactando significativamente a qualidade de vida.

Principalmente se considerarmos que essas pessoas ainda terão cerca de 20, 30 anos de vida produtiva após a cirurgia”, afirma Dr. Armando Crema.

fonte: http://www.cbo.com.br/novo/geral/pdf/revista-03.pdf

Open chat
1
Olá, como podemos lhe ajudar?